Com o objetivo de promover acolhimento aos servidores, a Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), promoveu durante todo o dia desta sexta-feira, o I encontro do projeto “Conectar”, que tem como objetivo, acolher os colaboradores da saúde com foco no processo de autocuidado, dispondo de ferramentas que contribuam com o desenvolvimento pessoal de cada um.
O evento trouxe atividades que visam contribuir com o processo de autocuidado, despertando no servidor a necessidade de um olhar mais atencioso consigo mesmo, com seu bem estar, com sua emoção para que só assim consiga desenvolver o atendimento final à quem busque o seu atendimento.
Cerca de 200 servidores participaram das atividades, que contou com sete grupos de atendimento especializado, em tendas, com profissionais da música, educação física, psicologia, nutrição, coach, enfermagem, consultora de imagem e terapia integrativa. “Paramos um dia, para oferecer atendimento à quem todos os dias está ali para ofertar cuidados a população. Todos os dias nossa equipe de profissionais, dos postos de saúde, da secretaria, do transporte lidam diretamente com a comunidade, ofertando atendimento. Diante deste trabalho, a Semus ofereceu um dia de cuidados para estes profissionais”, disse a secretária municipal de saúde, Juliana Martinez Taffner.
Ainda segundo a secretária, além de oferecer o acolhimento para estes profissionais, a Semus quer levar para cada servidor a certeza do cuidado com sua saúde, sua emoção. “O dia a dia é corrido, deixam casa, família e se doam ao outro. Hoje foi uma forma de mostrar para estes profissionais a importância que eles têm diante de todo o processo”, destacou.
Representante do projeto Conectar, a enfermeira e Coach, Mayana Almeida, falou sobre a importância do evento para a transformação e desenvolvimento do trabalho realizado pelos profissionais da saúde. “O que queremos é promover desenvolver desenvolvimento pessoal por meio de uma reflexão de cada pessoa com ela mesma. O Conectar traz essa proposta, desenvolver o comportamento pessoal para que esse profissional possa ter essa conexão consigo e com o outro”, enfatizou.
O evento contou com a participação dos profissionais de Palmas, Bahia e Dianópolis. “Os profissionais de saúde se doam diariamente ao paciente que busca seu atendimento. Trabalhamos com a terapia integrativa, e uma das nossas propostas é levar para estes profissionais, um conjunto de práticas e técnicas voltadas para cuidados na área de saúde, promovendo uma vida mais equilibrada.
Nosso objetivo é diminuir ou dissipar as desarmonias existentes nos indivíduos. Para isso, essa área, através de diversas técnicas, procura solucionar problemas físicos, mentais e emocionais dos pacientes”, enfatizou o terapeuta integrativo, Renilson Sousa de Freitas Júnior, que veio de Barreiras (BA) para compor os trabalhos do projeto. O evento aconteceu na sede da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), com momentos de integração e confraternização entre os profissionais da saúde.