Com o objetivo de refletir sobre o suicídio, com ênfase no mês de luta e prevenção, por meio da Campanha Setembro Amarelo, a Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), está realizando nesta sexta-feira, no auditório do Colégio João D'Abreu, o II Fórum em Saúde Mental – Sua saúde mental importa!

Psicólogos, médicos, enfermeiros, demais profissionais da saúde e comunidade, debatem sobre prevenção e combate ao suicídio com foco para processos de valorização a vida.

Durante todo o dia, profissionais e comunidade debatem sobre o suicídio, discutindo as problemáticas, compartilhando as diferentes formas de enfrentamento por meio dos eixos temáticos que serão debatidos no período da tarde.

O evento trouxe exposição de produtos confeccionados pelos usuários do Caps, apresentação cultural com música, teatro e dança. Além das apresentações o Fórum traz oficinas voltadas para confecção de artesanatos, palestras para o público adolescente, família, profissionais que atuam diretamente com público.

O Fórum reuniu a secretária municipal de saúde, Juliana Taffner, psicóloga, Samara Rachel Queirós e o palestrante, psicólogo Jonatha Rospide e profissionais responsáveis pelas oficinas, psicólogos César Moraes Ramos e Gilberto Davi Filho, além das psicólogas Ianne de Oliveira Souto e Patrícia Gomes dos Santos e os médicos, Mardônio Parente e Simone Keller. “O suicídio é um caso de saúde pública. O Fórum traz a proposta de valorização da vida e o nosso objetivo é deliberar políticas públicas que contribua com a prevenção e no combate ao suicídio”, disse a secretária, Juliana Taffner.