Na manhã desta sexta-feira, o prefeito Padre Gleibson Moreira, junto com sua vice-prefeita, Francisca Ribeiro, anunciou o pagamento da data base de 2018 para os servidores efetivos do quadro geral do município. O anúncio foi realizado durante audiência pública de prestação de contas do exercício da gestão referente ao ano de 2017.

A incorporação do percentual de 3,72%, baseada no índice de Plano de Cargos e Carreiras e Remuneração (PCCR) dos servidores municipais, será incorporado ao pagamento dos salários da folha de maio. “O país enfrenta uma crise econômica, onde muitos gestores não estão conseguindo cumprir o pagamento da folha em dia. Desde que assumimos a gestão, um dos nossos compromissos tem sido pautado na valorização e no compromisso com o direito do servidor. Não atrasamos nenhum pagamento do nosso servidor e estamos trabalhando para garantir cada direito deles”, disse o prefeito.

Audiência

Objetivando transparência e em cumprimento a Lei de Responsabilidade Fiscal, a Prefeitura, realizou na manhã desta sexta-feira, audiência pública do exercício 2017, onde todos os secretários do município apresentaram as ações desenvolvidas entre janeiro e dezembro de 2017, pontuando os balanços financeiros de cada pasta.

Na apresentação geral, em comparação ao ano de 2016 com 2017, os levantamentos realizados pela assessoria financeira, constatou que o município de Dianópolis teve uma queda da arrecadação em R$ 2.2 milhões.

Ainda na apresentação, os índices constitucionais revelaram gastos de 21,09% com saúde e 28,69% com educação, confirmando avanço nos limites constitucionais. “Como já pontuamos, o momento é de dificuldade para todos os municípios, mesmo assim, temos buscado trabalhar honrando os compromissos dentro da Lei de Responsabilidade Fiscal. Fizemos cortes e deveremos realizar outras movimentações para que possamos cumprir com aquilo que determina a Lei”, revelou o prefeito.

Na audiência foram apresentados os valores das receitas correntes, receitas tributárias e as transferências fundo a fundo, somando um total de R$ 39 milhões no acumulado de 2017. Deste total, foram gastos R$ 19 milhões com pessoal. O município apresentou redução com folha em relação ao mesmo período de 2016 em R$ 2.2 milhões.

Além disso, foi apresentadas despesas com prestação de serviços e despesas operacionais, destacando o transporte escolar com maior déficit em relação a receita despesa com investimentos de recurso próprio em um valor de R$ 1.6 milhões, que correspondem a 11 rotas escolares, somando aproximadamente 2 mil quilômetros percorridos diariamente, totalizando mais de 10 mil quilômetros por semana.

Na audiência foi apresentado os índices do Fundo Municipal de Previdência dos Servidores do Município de Dianópolis (Funprev), referente àquilo que foi repassado junto ao Fundo, no importe de R$ 3 milhões no período de 2017.

Representando o legislativo municipal, os vereadores, Lucinha Ribeiro e Domingos Cerqueira, participaram da audiência, e parabenizaram o executivo pela prestação de contas. “O executivo está de parabéns, assim como todo secretariado. Sugerimos algumas observações para o prefeito, principalmente quanto ao transporte escolar e vamos estar sempre à disposição da população e do executivo, buscando e objetivando transparência”, disse a vereadora Lucinha Ribeiro. A audiência foi realizada no auditório do Colégio João D’Abreu.